academy
Segurança
Segurança
Ver tudo Segurança artigos
Privacidade
Privacidade
Ver tudo Privacidade artigos
Desempenho
Desempenho
Ver tudo Desempenho artigos
Selecione o idioma
Selecione o idioma
Avast Academy Privacidade Navegador O que o Google faz com seus dados?

O que o Google faz com seus dados?

Mais do que a maioria das empresas atuais, o Google entende que informação é poder. Porém, quanto o Google sabe sobre você? Aqui, explicaremos a Política de Privacidade do Google, para você saber quais dados são rastreados, como o Google usa seus dados e como gerenciar sua privacidade online.

How_Google_uses_your_data-Hero

Se você tem um serviço ou um produto Google (o que é provável), é importante se informar sobre como o Google usa seus dados para tomar decisões inteligentes e informadas que o mantenham no controle da sua privacidade. Cada passo que dá, cada compra que faz, o Google pode estar observando você.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    O Google realmente me espiona?

    A resposta curta é sim: O Google coleta dados sobre a forma como você usa seus dispositivos, apps e serviços. Isso inclui seu comportamento de navegação, atividade do Gmail e do YouTube, histórico de localização, pesquisas do Google, compras online e muito mais. Basicamente, o que estiver conectado ao Google provavelmente será usado para coletar dados sobre sua atividade e preferências. 

    Muitas pessoas têm dúvidas sobre a coleta de dados do Google e como ele faz isso. As pessoas se preocupam mais com produtos ativados por voz, como Google Home e Google Assistente, que interagem com áudio do que apenas pedidos para comprar papel higiênico ou reproduzir música na sala.

    Quase todas as empresas com as quais há interação online usam tecnologia de rastreamento da web para extrair dados sobre os hábitos e preferências online que personalizam suas experiências e o conteúdo exibido.

    Embora os riscos de segurança dos dispositivos domésticos inteligentes sejam reais, o Google, ao usar o assistente doméstico para gravar suas conversas privadas, não é um deles. Você pode achar que está sendo espiado, mas, na verdade, o Google só vê as informações inseridas voluntariamente ou que estejam autorizados a acessar

    É tentador lançar o Google como vilão neste cenário, mas a coleta de dados do Google não é exclusiva. Quase todas as empresas com as quais há interação online usam tecnologia de rastreamento da web para extrair dados sobre hábitos e preferências online e personalizar as experiências e o conteúdo exibido. Ainda assim, você poderá se surpreender com o volume de dados que o Google realmente rastreia e as formas menos óbvias como ele o monitora.

    Por que o Google quer meus dados?

    Você pode estar pensando: "O Google sabe muito sobre mim. Mas o que ele faz com esses dados?” De acordo com o Google, eles usam todos esses dados para oferecer melhores serviços, fazer melhorias e personalizar sua experiência. Ou seja, todas essas informações ajudam o Google a tornar os serviços mais úteis para você.

    Com base nos dados sobre seu comportamento e preferências, o Google pode fornecer serviços melhores e mais personalizados.Ele usa dados sobre seu comportamento e preferências para oferecer serviços melhores ou mais personalizados.

    É claro que existe uma linha muito tênue entre útil e assustador e, por vezes, as empresas erram exagerando, com o uso de enormes volumes de dados. Para várias empresas, uma maior coleta de dados significa mais lucro. Veja a seguir como a coleta de dados do Google pode afetar seu estilo de vida digital.

    Anúncios direcionados

    Com todos os dados coletados sobre você pelo Google, em todas as plataformas, serviços, produtos e dispositivos, ele pode criar um perfil de publicidade detalhado, que inclui seu gênero, faixa etária, cargo e interesses. Isso ajuda o Google a direcionar a publicidade para exibir anúncios dele alinhados com seus gostos pessoais. 

    Vamos supor que você esteja querendo alugar esquis. Você começa a ver anúncios de produtos relacionados, como roupa de esqui, nos outros sites visitados. Eles são conhecidos como anúncios direcionados. Se quiser ver o que o Google sabe sobre você, acesse as configurações da sua Conta do Google, clique em Dados e personalização no painel de navegação à esquerda e veja seu perfil de publicidade.

    Rastreamento da localização

    Para onde você for, o Google vai atrás. Quer você esteja procurando a forma mais rápida de chegar a uma reunião, um café nos arredores ou o ponto de ônibus mais próximo, o Google usa sua localização para oferecer sugestões personalizadas que sejam mais relevantes à sua situação. Por exemplo, talvez você queira assistir a um filme depois do trabalho. Se você pesquisar no Google, verá os horários dos filmes em exibição nos cinemas próximos ao seu escritório.

    Melhorando a usabilidade

    Quanto mais dados, melhor a qualidade do serviço. O Google usa todos os dados coletados para melhorar a usabilidade. Suas informações sozinhas não podem fazer todo o trabalho. Ele também analisa bilhões de dados de outras pessoas em diferentes apps para tornar seus serviços mais úteis para todos. 

    Por exemplo, quando você usa o Google Maps ou o Waze, que também faz parte da família Google, sua localização é reenviada de forma anônima para o Google e combinada com os dados das pessoas ao seu redor para criar uma imagem dos padrões de tráfego do momento. Você já foi redirecionado em um acidente ou engarrafamento enquanto dirigia? Se isso já aconteceu, foi graças aos seus dados e aos de todas pessoas que estavam no trânsito perto de você.

    Algoritmos de ajustes

    Os algoritmos de pesquisa do Google, ou seja, as regras que determinam os resultados que você vê e a ordem em que são listadas, mudam sempre. Em 2019, a empresa relatou mais de 3.500 melhorias na pesquisa do Google, uma média de quase 10 por dia. 

    O Google usa dados com base na pesquisa das pessoas, nos resultados que são relevantes e na qualidade do conteúdo e das fontes para determinar os resultados exibidos. E os engenheiros ajustam e refinam os algoritmos de pesquisa do Google para tornar a pesquisa no Google mais útil, por exemplo, gerando snippets de conteúdo em destaque de sites de terceiros que são relevantes para fornecer respostas rápidas às perguntas diretamente no início da página de resultados da pesquisa.

    Identificação de tendências e análise

    Os resultados da pesquisa também podem disponibilizar o Google Trends, um site do Google que rastreia e analisa as principais consultas de pesquisa em serviços como a Pesquisa Google, o YouTube e muito mais. Você poderá ver os termos de pesquisa mais frequentes de vários países e idiomas para descobrir as tendências, os tópicos e as histórias mais recentes em regiões e períodos diferentes.

    Para ser sincero, ninguém fora do Google (e talvez ninguém dentro) realmente sabe como esses dados são processados e usados. Mas ele não esconde o que coleta nem como faz isso. A Política de Privacidade do Google é clara e fácil de entender.

    Embora o Google seja transparente sobre o uso dos seus dados, nem todas as empresas fazem o mesmo. Como cliente (ou cidadão), você pode achar que as empresas (ou os governos) o conhecem muito bem ou pelo menos melhor do que gostaria. Se você quiser manter seus hábitos online privados, instale um software antirrastreamento para navegar de forma anônima, manter sua identidade privada, evitar a mineração de dados do Google e impedir que anunciantes e outros o acompanhem. 

    O Avast AntiTrack é a forma mais fácil de bloquear rastreamentos invasivos e ter mais privacidade online. Ele limpa automaticamente o histórico de navegação e os cookies para manter sua atividade online privada e evitar que os anunciantes acompanhem suas atividades. Ele também mascara sua impressão digital para impedir que sites e anunciantes saibam quem você é.

    O Google vende dados?

    Depois de coletar todas essas informações valiosas, você deve imaginar que o Google esteja vendendo seus dados. Mas o Google não é um agente de dados e suas informações pessoais não estão à venda. A Política de Privacidade do Google afirma que ele só compartilhará seus dados por estes motivos:

    • Quando você autorizar que ele compartilhe suas informações pessoais. 

    • Se o governo exigir que ele compartilhe dados por motivos legais. 

    • Se você tiver um administrador de domínio gerenciando o Google Apps na escola ou no trabalho. 

    • Quando o Google precisa de uma empresa ou afiliada terceirizada para ajudar a processar dados. 

    Mas o Google usa seus dados para ajudar anunciantes e terceiros a exibirem anúncios relevantes e direcionados nos produtos Google, em sites de parceiros e em apps móveis. De acordo com a Central de Segurança do Google, a empresa pode usar as informações sem identificá-lo pessoalmente, inclusive pesquisas no Google, histórico de localização, sites e apps usados, vídeos ou anúncios vistos e outros dados pessoais, como sua idade ou seu gênero.

    Como posso saber se meus dados foram compartilhados?

    Sua nova TV de última geração que você pesquisou online na semana passada continua aparecendo nos anúncios de vários sites acessados? Ou talvez você tenha procurado por “serviços de entrega de comida” recentemente e agora vê anúncios para baixar os apps DoorDash e GrubHub quando está no Instagram. É bem provável que seus dados tenham sido compartilhados para publicidade direcionada.

    Mas o Google permite que você controle os dados que ele usa nas Configurações de anúncios. Você poderá ver seu perfil de publicidade, saber mais sobre as informações coletadas, desativar os interesses que não quer incluir ou desativar totalmente os anúncios personalizados

    O Google continuará exibindo anúncios e coletando seus dados, mas os anúncios exibidos no futuro não serão baseados na sua atividade no Google. Você também pode instalar um bloqueador de anúncios no navegador para reduzir os anúncios e pop-ups invasivos que aparecem quando você navega na internet.

    Img_01Desativação da personalização de anúncios na página Configurações de anúncios.

    Para compreender e ajustar as configurações de privacidade do Google e as das outras contas, adquira o Avast BreachGuard. Não só o BreachGuard o guiará ao personalizar as configurações de privacidade em várias contas online, mas também ajudará a evitar que suas informações pessoais sejam exibidas nos bancos de dados de agentes de dados. Com o Avast BreachGuard, você poderá reassumir o controle dos dados.

    Quais informações pessoais o Google tem?

    Saber que o Google está rastreando você é uma coisa. Mas qual o volume de dados que ele coleta? Provavelmente, é mais do que você percebe.

    O tipo de dados que o Google coleta inclui:

    • O(s) idioma(s) que você fala.

    • Os itens que você compra e seu orçamento de gastos.

    • Os locais pesquisados no Google Maps e onde você esteve.

    • Suas lojas favoritas, principalmente se você vincular seus cartões de recompensas ao Google Pay.

    • Todas as atividades na sua caixa de entrada: todos os e-mails, anexos e até mesmo as mensagens marcadas como spam ou para exclusão.

    • Tudo o que você salva no Google Drive: documentos de trabalho, recibos de compra, fotos, vídeos etc.

    • Seus hábitos de visualização no YouTube, inclusive tudo o que você já viu, seus comentários e o que já procurou.

    • Seus compromissos futuros (e antigos programados no Google Agenda).

    • Os apps que você abre (se estiver usando o Android) e quando os abriu.  

    • As perguntas que você faz ao Google Assistente.

    • Todos os artigos que você leu no Google Notícias.

    • Todos os anúncios vistos e clicados (se eles foram exibidos nos serviços Google, em sites de parceiros ou em apps móveis).

    A lista continua, mas certamente o Google coleta muitos dados. A boa notícia é que eles facilitam o download dos seus dados do Google e a exibição de todas as informações coletadas sobre você.

    O Google armazena informações confidenciais ou pessoais?

    Além da lista acima, o Google sabe suas informações pessoais, como nome, gênero e aniversário, porque você forneceu todos esses detalhes pessoais a ele como informações pessoais na sua Conta do Google. O Google também saberá onde você mora e trabalha se você tiver salvado um desses locais no Google Maps.

    Além dos dados confidenciais mais óbvios que o Google pode acessar, ele também tem insights profundos sobre outros aspectos pessoais da sua vida diária.

    O Google pode adivinhar tudo, desde seu estado civil até seu grau de satisfação no trabalho, se quer perder peso, tudo com base só no que você pesquisa, assiste ou lê.

    Embora o Google não associe detalhes, como etnia, orientação sexual ou outros dados confidenciais, a qualquer um dos seus perfis online, sua atividade online pode revelar muito sobre você, quer queira ou não compartilhá-los. O Google pode adivinhar tudo, desde seu estado civil até seu grau de satisfação no trabalho, se quer perder peso, tudo com base só no que você pesquisa, assiste ou lê.

    Para começar, por que o Google obtém seu dados?

    Seus resultados de pesquisa desempenham um papel significativo na criação do seu perfil de dados, mas não são o único lugar onde o Google obtém as informações. Portanto, como o Google coleta dados, exatamente? Ele usa várias tecnologias de rastreamento da web, como rastreamento de endereços IP, cookies e outras usadas no setor de rastreamento de anúncios, para coletar dados e saber mais sobre você.

    O rastreamento de endereços IP é uma técnica usada pelo Google para identificar sua localização. Um endereço IP é uma cadeia exclusiva de números e letras atribuída a cada dispositivo conectado à internet e pode ser usado para identificar sua localização.

    Os cookies são pequenos snippets de código que ficam armazenados no navegador quando você visita um site pela primeira vez. Eles ajudam os sites e outras empresas a identificar você e lembrar da sua atividade nas visitas anteriores. Usados para armazenar e exibir conteúdo personalizado, rastrear análises da web e exibir anúncios, os cookies podem capturar e armazenar muitas informações sobre você.

    Esses são os métodos principais usados pelo Google para rastrear você. Outras empresas e anunciantes usam técnicas, como a impressão digital do navegador, para coletar informações exclusivas sobre seu navegador ou dispositivo e identificá-lo no futuro. Os beacons da web, também conhecidos como pixels ou tags, são outra forma comum das empresas rastrearem suas atividades nos sites. 

    Quer eliminar todos estes rastreadores e evitar que eles registrem seus dados no futuro? Você pode limpar os cookies do navegador, bloquear anúncios ou até optar por desativar totalmente os cookies. Alguns navegadores também bloqueiam automaticamente cookies de terceiros e disfarçam sua impressão digital. 

    O Avast Secure Browser vem com proteção de privacidade integrada para evitar rastreamento online e mascarar sua identidade digital. Ele bloqueia automaticamente os rastreadores e impede que os sites identifiquem seu perfil de navegador exclusivo para você navegar sem achar que alguém acompanha cada movimento seu.

    Posso solicitar que o Google exclua meus dados?

    Sim, o Google permite que você exclua seus dados. Além de desativar a personalização de anúncios, você também pode limpar todo o histórico de pesquisa no perfil de dados. Você pode fazer isso diretamente na Minha atividade no Google na sua Conta do Google.

    A página permite controlar e excluir dados.

    Nela, você pode analisar todos os dados coletados pelo Google e excluí-los com base em um intervalo de datas e produtos. Para excluir todos os seus dados do Google:

    1. Clique em Excluir atividade por no painel de navegação à esquerda. 

    2. Selecione Todo o período como o intervalo de datas e marque a caixa Selecionar tudo para os dados do produto que você quer excluir.

      Exclua sua atividade do Google com base no intervalo de datas ou no produto.
    3. Clique em Aplicar, em Excluir e pronto.

    A remoção das suas informações pessoais dos resultados de pesquisa do Google é mais complicada. Em geral, o Google não gosta de se envolver, a menos que haja um motivo legal. Acesse a página de suporte do Google sobre como remover informações pessoais para saber mais.

    Monitore quem acessa seus dados mais pessoais

    Você não diria a um estranho onde vive ou o que compra. Por que isso deveria ser diferente online? Além do Google, existem muitas outras empresas e agentes de dados terceirizados que querem coletar seus dados para ganhar mais dinheiro. Isso para não mencionar os criminosos cibernéticos que procuram usar seus dados pessoais para fins duvidosos ou ilegais.

    O Avast BreachGuard ajuda você a ajustar as configurações de privacidade das suas contas online para limitar o que é compartilhado publicamente na web, reduzindo o volume de informações que as empresas podem coletar. Ele também impede que suas informações sejam mal utilizadas, enviando solicitações automatizadas aos agentes de dados para remover seus dados pessoais dos bancos de dados.

    Além disso, o Avast BreachGuard continua atento às suas informações pessoais, examinando a dark web para verificar se seus dados foram expostos. Caso seus dados sejam expostos, o BreachGuard o notificará imediatamente para você tomar as medidas certas e se proteger. Monitore seus dados com o Avast BreachGuard para manter suas informações realmente pessoais.

    Escape do rastreamento online e mantenha seus dados privados com o Avast Secure Browser para Android

    INSTALAR GRÁTIS

    Escape do rastreamento online e mantenha seus dados privados com o Avast Secure Browser para iOS

    INSTALAR GRÁTIS