academy
Segurança
Privacidade
Desempenho
Selecione o idioma

O que é um endereço IP?

Um endereço IP é uma representação numérica de onde um dispositivo está conectado à internet. Ele serve para identificar onde está um dispositivo e, em algum grau, a natureza desse dispositivo. Compreender os fundamentos dos endereços IP é essencial para poder usar a internet. Continue a leitura e aprenda como endereços IP funcionam e porque é tão importante proteger os seus.

What_is_an_IP_Address-Hero

O que é um endereço IP?

Endereço IP significa “endereço do Protocolo de Internet”. O Protocolo de Internet é um conjunto de regras para comunicação pela internet para envio de e-mail, streaming de vídeo ou conexão a um site. Um endereço IP identifica uma rede ou dispositivo na internet.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Dispositivos precisam conseguir se identificarem para se conectarem. Os protocolos de internet gerenciam o processo de atribuição de um endereço IP a cada dispositivo. (Protocolos de internet também têm outras funções, como direcionar tráfego de internet). Assim, é fácil ver quais dispositivos na internet estão enviando, solicitando e recebendo quais informações.

    Cada dispositivo que está conectado à internet tem um endereço IP. Endereços IP são como números de telefone e servem para o mesmo fim. Quando você entra em contato com alguém, seu número de telefone identifica quem você é e garante que a pessoa que atende ao telefone saiba que você é realmente quem diz ser. Endereços IP fazem exatamente o mesmo quando você está online.

    Existem 2 tipos de endereços IP: IPv4 e IPv6. É fácil reconhecer a diferença se você contar os números. Endereços IPv4 contêm uma série de 4 números, que vão de 0 (exceto o primeiro) a 255, cada série separada por um ponto. Ex.: 5.62.42.77. Os endereços IPv6 são representados por 8 grupos de 4 dígitos hexadecimais, com os grupos separados por dois pontos. Um endereço IPv6 seria: 2620:0aba2:0d01:2042:0100:8c4d:d370:72b4.

    É fácil encontrar seu endereço IP. De fato, temos uma colinha que mostra como encontrar seu endereço IP no Mac ou Windows.

    As partes do seu endereço IP

    Um endereço IP tem duas partes: o ID da rede, que compreende os três primeiros números do endereço e um ID do host, o quarto número no endereço. Então, na sua rede doméstica, que pode ser conhecida como 192.168.1.1 – 192.168.1 é o ID da rede e o .1, .2, .3, etc. final é o ID do host. O ID da rede é exatamente o que o nome indica: é a rede em que o dispositivo está conectado. O ID do host se refere ao dispositivo específico nessa rede. (Geralmente, seu roteador é .1 e cada dispositivo subsequente é atribuído como .2, .3, etc.)

    Devido à especificidade desse dispositivo, é possível ocultar o endereço IP de outras pessoas com uma Rede Privada Virtual (VPN). Quando você usa uma VPN, ela impede que a rede externa revele seu endereço.

    O IPv4 data do início dos anos 1980, quando a internet era uma rede privada para militares. O IPv4 tem um conjunto total de 4,3 bilhões de endereços, o que parece muito. Mas, com todos os computadores, smartphones e tablets que se conectam à internet, sem mencionar os dispositivos de IoT, ficamos sem endereços IPv4. De fato, começamos a ficar sem nos anos 1990. Truques técnicos de rede muito inteligentes mantiveram tudo em funcionamento.

    O Internet Engineering Task Force (IETF), que projeta as tecnologias centrais da internet, inventou o IPv6 há cerca de uma década. Ele tem um conjunto potencial de 340 undecilhões de endereços, que é o número 340 seguido de 36 zeros. Isso significa que não podemos (em teoria) ficar sem endereços. Ele está substituindo lentamente o IPv4, mas por enquanto, os dois coexistem.

    Endereços IP públicos x locais

    Há dois tipos de endereços IP: endereços IP externos, ou públicos e internos, também chamados de endereços locais e privados. Seu provedor de internet (ISP), as pessoas que você paga para ter acesso online, fornece o endereço externo. Quando você navega na internet, o site receptor precisa saber quem está se conectando à rede (para monitoramento de tráfego) e seu endereço IP externo é como seu provedor de internet apresenta você ao site.

    Por outro lado, você tem um endereço IP diferente para fins internos, como identificar seus dispositivo dentro de uma rede doméstica ou dentro de um escritório comercial. O endereço IP local ou interno é atribuído ao seu computador pelo roteador, que é o hardware que conecta uma rede local à internet. Na maioria dos casos, esse endereço IP interno é atribuído automaticamente pelo roteador (ou cable modem). 

    Esta é a parte importante: Provavelmente, você tem um endereço IP interno diferente daquele na internet pública. O endereço IP local representa o dispositivo na rede e o endereço IP público é o rosto da rede na grande internet.

    Como os endereços IP funcionam?

    Os correios usam o endereço físico como marcador para a localização real de uma pessoa, residência ou empresa. É como suas cartas chegam até você. É seu endereço. É como as pessoas sabem onde você está.

    Todas essas descrições se aplicam a um endereço IP, de maneira digital. Um endereço IP é onde reside um computador, no sentido virtual, não em termos de coordenadas de GPS. O endereço IP pode identificar seu próprio computador, um site favorito, um servidor de rede e até mesmo um dispositivo (como uma webcam).

    Os endereços IP são especialmente importantes para enviar e receber informações. Eles direcionam tráfego de internet para onde é necessário e direcionam e-mails para sua caixa de entrada.

    O importante é se lembrar que: Cada dispositivo ativo na internet tem um endereço IP.

     IP addresses identify "where something is" in the same way that postal addresses provide your home's location.

    Primeiro, TCP/IP...

    Endereços IP são pelo menos uma parte da arquitetura da internet. Afinal de contas, ter um endereço postal para sua casa é inútil a menos que haja um correio responsável para entregar a correspondência. Em termos de internet, IP é uma parte do TCP/IP.

    O Protocolo de Controle de Transmissão/Protocolo de Internet (TCP/IP) é um conjunto de regras e procedimentos para conectar dispositivos pela internet. O TCP/IP especifica como os dados são trocados: Os dados são divididos em pacotes e passados por uma cadeia de roteadores desde a origem até o destino. Essa é a base fundamental da conectividade de internet.

    O TCP define como os aplicativos se comunicam pela rede. Ele gerencia como uma mensagem é dividida em uma série de pacotes menores, que são transmitidos pela internet e reagrupados na ordem certa no endereço de origem.

    A parte IP do protocolo define como endereçar e direcionar cada pacote para garantir que ele chegue ao destino correto. Cada computador de gateway na rede verifica esse endereço IP para determinar para onde encaminhar a mensagem.

    Como os endereços IP são atribuídos: dinâmico x estático

    Endereços IP podem ser permanentes (estáticos) ou temporários (dinâmicos). A diferença entre endereços IP estáticos e dinâmicos é que, enquanto o primeiro nunca muda, o segundo pode mudar e muda.

    Endereços estáticos são geralmente usados por empresas, pois seus sites e aplicativos web devem poder ser acessados confiavelmente o tempo todo.

    Em comparação, o endereço IP doméstico não precisa ser sempre o mesmo, pois só é necessário quando você usa a internet. Em quase todos os casos, o provedor de internet define o endereço IP como dinâmico. Embora o endereço IP provavelmente não mude com frequência, é possível receber um novo endereço do provedor de internet toda vez que você reiniciar o computador. O mesmo serve para roteadores wireless domésticos, para seu laptop, tablet ou smartphone. Os dispositivos podem receber um endereço novo sempre que você reiniciar o roteador.

    O único ponto negativo real com endereços dinâmicos é que um dado computador não pode ser encontrado confiavelmente. Isso dificulta, digamos, ter um servidor web em sua casa, pois o endereço pode mudar e ninguém conseguir te encontrar. Muitos provedores de internet permitem organizar uma conexão empresarial com endereço estático, se você quiser ter um servidor.

    A jornada de um pacote

    Cada vez que você acessa um site, sua viagem é direcionada por uma série de saltos complexos e ocultos pelos principais backbones de tráfego. É semelhante a um sistema de rodovias integrado. O acesso a um site pode envolver vários saltos e todos eles ocorrem quase instantaneamente, sem serem vistos.

    Os dados viajam na internet em uma série de pacotes, de forma muito semelhante a uma fila de pessoas passando baldes de água uns para os outros. Tudo na internet é dividido em pacotes, seja uma mensagem de e-mail sendo distribuída, um navegador carregando uma página web ou uma pessoa assistindo a um vídeo (e imaginando porque o vídeo fica parando toda hora). Tudo. 

    O melhor de tudo é que geralmente você não precisa saber como funciona. Uma das coisas mais legais sobre o design da internet é que ela mantém sua estrutura totalmente invisível aos usuários normais.

    Cada pacote tem no máximo 1.500 bytes e contém um wrapper com cabeçalho e rodapé. As informações no wrapper comunicam o tipo de dados do pacote, sua origem, seu destino e como ele se encaixa com os outros pacotes.

    À medida que os pacotes viajam, eles se movem em um fluxo, mas todos os pacotes não fazem necessariamente o mesmo trajeto. Se houver um congestionamento na internet, pacotes diferentes da mesma mensagem, como um e-mail, podem viajar por backbones de rede diferentes. Conforme eles chegam, o computador receptor monta de volta os pacotes nos dados originais (e finais).

    Por isso, os endereços IP são tão importantes. Como cada pacote contém o endereço IP de sua origem e destino, a incluindo pode garantir que todas as informações cheguem ao destino certo.

    Servidores de DNS

    Servidores de Nome de Domínio (DNS) tornam a internet moderna possível. Eles traduzem as palavras que você consegue se lembrar em números.

    Endereços IPv4 são tão válidos quando o nome alfabético de um site. Você pode digitar 157.240.22.35 no navegador web para chegar ao Facebook. Mas, você se lembraria desses números? A maioria de nós tem dificuldade de se lembrar dos próprios números de telefone.

    Nomes de domínios conhecidos substituem os endereços IP reais. No início da internet, você podia se conectar apenas a outro site se digitasse os números do endereço IP.

    O DNS deu um nome a cada site e nos livrou da dor de cabeça de ter que se lembrar dos endereços IP. O DNS está, invisível, entre seu navegador e o site que você quer visitar. Ao digitar um URL no navegador, ele procura esse nome de domínio no DNS, recupera o endereço IP correspondente e faz com que você acesse o site que quiser. Tudo sem que o usuário precise fazer algo.

    Qual a finalidade do endereço IP?

    A finalidade do endereço IP é lidar com a conexão entre o dispositivo e o site de destino. O endereço IP identifica exclusivamente cada dispositivo na internet. Sem isso, não haveria maneira de entrar em contato com ele. Os endereços IP permitem que os dispositivos de computação (como PCs e tablets) se comuniquem com destinos, como sites e serviços de streaming, e permitem que os sites saibam quem está se conectando.

    Um endereço IP também serve como endereço de devolução, da mesma forma que com o endereço postal. Se uma carta enviada é entregue no endereço errado, ela volta ao remetente, se ele tiver escrito o endereço dele no envelope. O mesmo vale para um e-mail. Ao escrever um destinatário inválido (como um correspondente que deixou a empresa), o endereço IP permitirá que o servidor de e-mail da empresa envie um e-mail de volta dizendo que o destinatário não foi encontrado.

    Segurança de endereços IP

    Você deve proteger seu endereço IP da mesma forma que seu endereço residencial. Criminosos podem tentar tirar proveito de você de várias maneiras. Eles podem:

    • Usar a identidade do seu endereço IP para baixar conteúdo ilegal: Piratas podem baixar filmes, músicas e outros conteúdos e parecer que foi você que fez isso. Então, você poderia ter problemas com seu provedor de internet por algo que não fez.

    • Rastrear seu endereço residencial: É possível rastrear um endereço IP até um endereço físico. Isso poderia expor você a perigo físico ou roubo, se não estiver em casa. Especialistas de segurança têm aconselhado há muito tempo para as pessoas nunca dizerem em redes sociais que elas estão de férias, pois isso informa aos criminosos quando você não está em casa. É bom seguir este conselho por motivos de privacidade.

    • Espionar seu tráfego privado de internet: Seus dados sigilosos, incluindo informações financeiras, podem estar em risco quando os cibercriminosos conseguem acessar seu tráfego IP.

    • Atacá-lo diretamente: Há muitas ferramentas circulando entre cibercriminosos para iniciar vários tipos de ataques, especialmente um de DDoS (negação de serviço distribuída), em que um site é inundado com tanto tráfego que fica tão congestionado que se desativa. Considere adicionar ferramentas de privacidade ao seu conjunto de ferramentas online, incluindo um que oculta seu endereço IP.

    Proteja seu endereço IP

    A Consumer Technology Association recomenda que os usuários ajam para proteger seus endereços IP, com o use de uma VPN para ocultá-lo de cibercriminosos que querem cometer fraudes ou roubar identidades.

    O Avast SecureLine VPN pode proteger seu endereço IP contra tentativas de espionagem em seu tráfego IP para capturar dados financeiros ou pessoais sigilosos. Com a criptografia de nível bancário da Avast, que esconde seu endereço IP e envia comunicações por um túnel seguro, você pode aproveitar uma experiência de internet privada e segura toda vez que você fica online.

    Conecte-se com privacidade no seu iPhone
    com o Avast Secureline VPN

    TESTE GRÁTIS

    Conecte-se com privacidade no seu Android
    com o Avast Secureline VPN

    TESTE GRÁTIS