academy
Segurança
Privacidade
Desempenho
Select language
Avast Academy Segurança Malware Spyware: Detecção, prevenção e remoção

Spyware: Detecção, prevenção e remoção

O spyware pode infectar qualquer dispositivo e dar aos cibercriminosos acesso total a informações confidenciais, como senhas, dados bancários ou sua identidade digital. Então, o que exatamente é spyware e o que ele faz? Continue lendo para saber uma definição completa de spyware, incluindo como detectar, impedir e remover os vários tipos de spyware que ficam a espreita no espaço cibernético.

Spyware-Hero

O que é spyware?

Spyware é um tipo de malware que tenta se esconder enquanto registra secretamente informações e rastreia suas atividades online em seus computadores ou dispositivos móveis. Ele pode monitorar e copiar tudo que você digita, carrega, baixa e armazena. Algumas variedades de spyware também conseguem ativar câmeras e microfones para assistir e ouvir você sem serem detectados.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Por definição, o spyware foi projetado para ser invisível, o que pode ser um de seus atributos mais prejudiciais. Quanto mais tempo ele ficar sem ser detectado, mais danos poderá causar. É como um perseguidor virtual que monitora a atividade do seu dispositivo e coleta dados pessoais no processo.

    De fato, existem alguns casos em que o uso de spyware é justificado. Por exemplo, seu empregador pode ter uma política de segurança que permita usar software para monitorar o uso de computadores e dispositivos móveis dos funcionários. O objetivo do spyware empresarial geralmente é proteger informações proprietárias ou monitorar a produtividade dos funcionários. O controle dos pais que limita o uso do dispositivo e bloqueia o conteúdo adulto também é uma forma de spyware.

    Provavelmente, você saberá que existe spyware benigno no seu dispositivo. Neste artigo, focaremos no spyware malicioso, isto é, spyware que se infiltra no seu dispositivo sem o seu conhecimento e com más intenções.

    Spyware é um vírus?

    Spyware e vírus são exemplos de software maligno (malware), mas, fora isso, não têm muito em comum. A diferença entre eles está em seu comportamento: um vírus de computador se insere em um programa hospedeiro para se replicar e se espalhar pelas redes de dispositivos. O spyware foi projetado para ficar sem ser detectado em cada dispositivo infectado.

    What_is_Spyware

    Alguns tipos de vírus podem também instalar spywares. Mas essa não é a única maneira de ser infectado por spyware: todos os tipos de malware podem ser estar presentes em sites não seguros, links suspeitos, anexos de e-mail e hardware infectado, como unidades USB.

    O que o spyware faz exatamente?

    Spyware pode ser usado para rastrear e registrar atividades em computadores e dispositivos móveis. Cada variedade tem comportamento específico. De modo geral, os cibercriminosos usam spyware para coletar dados e informações pessoais

    Uma vez instalado em seu computador ou dispositivo móvel, o spyware pode realizar uma série de operações secretas, incluindo:

    • Keylogging (registrar tudo o que você digita, inclusive nomes de usuário, senhas, informações bancárias, etc.)

    • Gravação de áudio e vídeo e captura de tela

    • Controle remoto do dispositivo

    • Captura de conteúdo de e-mail, mensagens e aplicativos sociais

    • Gravação e captura do histórico do navegador

    Infelizmente, esses recursos chamaram a atenção de perseguidores e parceiros ciumentos. Em alguns círculos, o spyware é conhecido como stalkerware ou spouseware. A National Network to End Domestic Violence trabalhou em conjunto com a Avast para compilar algumas dicas para combater spyware e outros aplicativos invasivos de dispositivos inteligentes para as pessoas que enfrentam situações e relacionamentos abusivos.

    Certos fornecedores de spyware comercializam seus produtos como programas de controle parental ou de monitoramento de funcionários e afirmam que estão fazendo o possível para desencorajar os consumidores a usarem seus produtos para espionar pessoas. Mas suas táticas de publicidade e isenções de responsabilidade parecem com as de massageadores manuais: com certeza, é possível usar o produto de acordo com as instruções do fabricante, mas é mais provável que ele será utilizado para fazer coisas que o fabricante não pode mencionar em seu material promocional.

    Tipos de spyware

    O uso de spyware vai além de monitorar e armazenar secretamente as atividades online de suas vítimas e da captura de dados confidenciais. Algumas variedades podem exibir anúncios pop-up indesejados durante a navegação na internet ou sobrecarregar o processador do computador ou dispositivo móvel. Outras são usadas para gerar tráfego para sites. Veja um resumo das variedades mais comuns de spyware.

    Icon_01Adware exibe anúncios automaticamente enquanto você navega na internet ou usa um software financiado por publicidade. Em um contexto de malware, o adware se instala furtivamente no seu computador ou dispositivo móvel, espia seu histórico de navegação e exibe anúncios intrusivos.

    Icon_02Keyloggers gravam todas as teclas pressionadas no dispositivo infectado e salvam as informações em um arquivo de log normalmente criptografado. Abreviação de “registro de teclas pressionadas”, esse tipo de spyware coleta tudo o que você digita no seu computador, smartphone ou tablet, incluindo mensagens de texto, e-mails, nomes de usuário e senhas.

    Icon_03Infostealers coletam informações do seu computador ou sistema móvel. Keyloggers são um tipo de ladrão de informações. Outros tipos podem fazer muito mais do que gravar e armazenar informações coletadas a partir das teclas digitadas. Eles também podem, por exemplo, verificar seu computador em busca de informações específicas e coletar seu histórico de navegação, documentos e sessões de mensagens instantâneas. Algumas variedades podem fazer todo o seu trabalho sujo secretamente de uma só vez antes de desaparecer dos computadores das vítimas.

    Icon_04Spyware Red Shell é um tipo de spyware que se instala junto com determinados jogos para PC e rastreia as atividades online dos jogadores. Seus criadores afirmam que querem “aproveitar o conhecimento para ajudar os desenvolvedores a criar melhores jogos” e “tomar melhores decisões sobre a eficácia de suas campanhas de marketing”. Os oponentes da Red Shell criticam o fato de que ele se instala sem conhecimento ou consentimento do usuário.

    Icon_05Cookies podem ser úteis. Por exemplo, eles fazem o login instantaneamente em seus sites favoritos e veiculam anúncios de produtos e serviços de acordo com seus interesses. Porém, cookies de rastreamento podem ser considerados spyware, pois monitoram a navegação, compilam o histórico de navegação e registram tentativas de login. Com o conhecimento e as ferramentas certas, um hacker “maligno” pode usar esses cookies para recriar suas sessões de login, por isso, exclua os cookies de rastreamento regularmente ou os desative completamente.

    Icon_06Rootkits permitem que criminosos se infiltrem em computadores e dispositivos móveis e os acessem em um nível muito profundo. Para isso, eles podem explorar vulnerabilidades de segurança, usar um cavalo de Troia ou fazer login de administrador em um computador. Normalmente, os rootkits são difíceis ou impossíveis de detectar, mas podem ser evitados com um forte software antivírus.

    Quem está mais em perigo?

    Os criminosos usam spyware para coletar furtivamente informações confidenciais de indivíduos e empresas. As pessoas que usam muito os serviços bancários online são alvos muito atraentes para cibercriminosos que querem roubar os dados financeiros e usá-los ou vendê-los a outros criminosos.

    As empresas precisam de uma boa prevenção contra spywares para proteger suas finanças e, mais importante, manter uma ferramenta de espionagem corporativa altamente eficaz longe de suas redes.

    Também existem casos famosos de governos autoritários que usam spyware para espionar jornalistas e ativistas de direitos humanos secretamente.

    Como acontece na maioria dos malwares, basta um clique, toque, download ou instalação descuidados para nos tornarmos vítimas de spyware. Algumas variedades sofisticadas de spyware podem até infectar dispositivos móveis através de aplicativos de chamada, como o Skype. Uma variante altamente avançada explora uma vulnerabilidade no WhatsApp que permite infectar smartphones e as vítimas nem precisam atender as chamadas do invasor.

    Em geral, qualquer pessoa que use um computador, smartphone, tablet ou dispositivo inteligente pode se tornar alvo de malware. Embora os usuários do Windows corram maior risco, o spyware evoluiu até o ponto em que cada vez mais variedades podem infectar Macs, bem como dispositivos iOS e Android.

    Spyware e dispositivos móveis

    Se considerarmos a próspera indústria de spyware para dispositivos móveis como um indicador, essa forma de malware está crescendo. Embora os desenvolvedores do “software de monitoramento móvel” afirmem que seus produtos são para empregadores e pais, não há nada que impeça alguém de usá-los para fins nefastos.

    É importante entender que smartphones, tablets e computadores são vulneráveis a uma ampla gama de malware. Um aumento consistente de uso oferece aos cibercriminosos uma quantidade crescente de vítimas potenciais. Ao mesmo tempo, hardware e redes cada vez mais complexos estão facilitando o desenvolvimento de novos malwares, mais poderosos. Além disso, os smartphones oferecem aos invasores meios adicionais de infiltração: mensagens de texto ou SMS.

    Como saber se você tem spyware

    Já falamos que o spyware foi criado para ser indetectável e não rastreável o que dificulta sua detecção. Para verificar se ele infectou seu computador ou sistema móvel, fique atento a estes sinais de aviso:

    • Seu dispositivo está mais lento que o normal

    • Seu dispositivo congela ou trava com frequência

    • Muitos pop-ups são exibidos

    • A página inicial do seu navegador muda inesperadamente

    • Ícones novos e/ou não identificáveis aparecem na barra de tarefas

    • As pesquisas na Web redirecionam para um mecanismo de pesquisa diferente

    • Você começa a receber mensagens de erro aleatórias ao usar aplicativos com os quais nunca teve problemas antes

    Obviamente, esses também são sintomas de outras infecções por malware. Para determinar exatamente o problema, você precisa se aprofundar um pouco mais e analisar seu dispositivo com um software antivírus que contém um escaneador de spyware.

    O que devo fazer se meu dispositivo ficar infectado?

    Se você descobrir que o spyware se infiltrou em um dos seus dispositivos, isole o hardware afetado, para se proteger, caso seja atacado por um vírus. Depois disso, use uma ferramenta confiável de remoção de spyware.

    Como prevenir a propagação de spyware

    Embora não exista uma maneira infalível de se proteger contra spyware, você pode impedir que ele se espalhe e garantir que ele não se infiltre em nenhum dos seus dispositivos. O tempo e o esforço gastos são mínimos em comparação com os problemas para tentar removê-lo.

    Veja algumas dicas que ajudarão a impedir que spywares entrem na sua vida digital:

    1. Use software antivírus confiável com recursos anti-spyware

    2. Não baixe anexos de e-mail suspeitos

    3. Não clique em pop-ups online

    4. Não abra links recebidos em SMS de números desconhecidos

    5. Evite conversar com estranhos em aplicativos de mensagens

    6. Mantenha seu computador e sistemas operacionais móveis atualizados

    Diga adeus ao spyware

    Por ser acessível, eficaz e quase indetectável, o spyware se tornou uma opção muito usada por cibercriminosos e agora é uma enorme ameaça online. Proteger seus computadores e dispositivos móveis não precisa ser complicado. Fique atento e evite links, anexos e pop-ups que parecem suspeitos. Para ter mais tranquilidade, instale o Avast Free Antivirus, que inclui uma poderosa ferramenta de prevenção de spyware e fornece segurança cibernética e proteção de alto nível para mais de 435 milhões de pessoas em todo o mundo.

    Proteja seu iPhone contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS

    Proteja seu Android contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS