academy
Segurança
Privacidade
Desempenho
Selecione o idioma
Avast Academy Segurança Vírus Será que seu iPhone ou smartphone Android pegam vírus?

Será que seu iPhone ou smartphone Android pegam vírus?

Pegar um vírus de computador pode ser um desastre, mas os telefones também podem ficar infectados por um vírus? Descubra como malware e outras ameaças à segurança podem colocar em risco o seu dispositivo móvel e saiba como proteger os dados do seu iPhone ou telefone Android contra software malicioso.

Can_Phones_Get_a_Virus-Hero

Os telefones podem pegar vírus?

A resposta curta: sim, você pode pegar um vírus no seu smartphone, da mesma forma que no seu computador. Os vírus nos telefones não são tão comuns quanto os vírus nos PCs, mas existem, e seu dispositivo está vulnerável a muitas outras ameaças mais comuns. Embora seu iPhone ou telefone com Android nunca possa ser afetado por um vírus tradicional, há uma chance muito maior de ele ser comprometido por outros tipos de malware ou ameaças.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Vírus tradicionais, normalmente definidos como um programa de computador prejudicial que se copia quando é executado, são raros nos iPhones, mas os telefones com Android são ocasionalmente infectados por vírus, então faz sentido proteger seu dispositivo.

    Outros tipos de software prejudicial são um risco muito maior para os usuários de telefones móveis. Os vírus são apenas um tipo de software malicioso (ou abreviado, malware).

    Os criminosos aproveitam as vulnerabilidades em sistemas operacionais ou navegadores desatualizados para infectar seu telefone ou explorar pontos fracos nas redes Wi-Fi. Como alternativa, eles podem tentar convencê-lo baixar um aplicativo falso ou clicar em um link em uma mensagem de texto ou e-mail falso, ou em um site duvidoso, para baixar malware sem saber.

    É preciso considerar muitos fatores e as técnicas e táticas usadas pelos criminosos estão em constante evolução.

    Vírus x malware x ameaças

    Simplificando, um vírus é um tipo de malware e malware é um tipo de ameaça.

    Mas esses termos são frequentemente usados livremente. Não é incomum ouvir todos os tipos de malware chamados de "vírus". E você pode encontrar artigos online em que ameaças à segurança do telefone que não envolvem software prejudicial são descritas como "vírus" ou "malware".

    Para entender melhor a diferença entre os três termos, vamos examiná-los um por um:

    • Um vírus, como já mencionamos, é um tipo específico de malware que se copia no seu computador ou telefone.

    • Malware é o nome geral para qualquer tipo de software nocivo, incluindo vírus.

    • Uma ameaça é o termo genérico para qualquer tipo de risco à segurança do telefone, incluindo malware para celulares.

    Threat-diagram_POR

    Como os vírus infectam os telefones?

    Os vírus para telefones são relativamente raros, mas seu smartphone corre um risco muito maior de ser infectado por outros tipos de malware. As maneiras mais comuns de malware entrar no seu dispositivo iPhone ou Android são as seguintes:

    • Baixar aplicativos para seu telefone

    • Baixar anexos de mensagens de um e-mail ou SMS

    • Baixar o conteúdo para seu telefone da Internet

    • Conectar seu telefone a outro dispositivo

    Um telefone pode ser infectado por vírus de um aplicativo malicioso?

    A maneira mais comum de um malware do Android entrar no seu telefone é baixar um aplicativo mal-intencionado. Para usuários do iPhone, aplicativos com malware são muito mais raros, mas ainda apresentam um risco.

    Os telefones Android são mais vulneráveis a aplicativos mal-intencionados que os iPhones porque, ao contrário da Apple, o Google permite o download de aplicativos de outras fontes fora da loja oficial do Google Play. Por padrão, porém, o Android desativa o download de aplicativos de outras fontes. Não altere essa configuração, a menos que tenha certeza de que sabe o que está fazendo.

    O Google e a Apple ocasionalmente e por engano, hospedam aplicativos mal-intencionados. Portanto, você deve ter cuidado, mesmo se estiver baixando do Google Play ou da App Store. A melhor maneira de evitar o download de um aplicativo malicioso para o seu telefone é fazer uma pequena pesquisa. Faça a si mesmo essas três perguntas:

    • O aplicativo é popular?

      Se um aplicativo Android ou iOS tiver milhares ou até milhões de usuários, há uma boa chance de ser legítimo. Verifique, por exemplo, quantas vezes um aplicativo foi baixado da Google Play Store ou da App Store. 

    • Esse aplicativo tem boas avaliações?

      Não deixe de ler os comentários sobre um aplicativo na Google Play Store ou na App Store. São positivos? Parecem ser escritos pelos usuários de verdade? Os cibercriminosos costumam postar opiniões curtas e falsas para tentar convencê-lo a baixar um aplicativo que contém malware.

    • Quais outros aplicativos o desenvolvedor criou?

      Os desenvolvedores de aplicativos originais geralmente criam mais de um aplicativo. Se isso for o caso, leia também os comentários sobre esses aplicativos. Se esse for o único aplicativo criado, tome cuidado.

    Fique atento a possíveis riscos depois de baixar um aplicativo no seu telefone. Os sinais de que um aplicativo pode ser usado para fornecer vírus, malware ou algum outro tipo de ameaça incluem:

    • Atualizações “urgentes”

      Se um aplicativo de telefone solicitar que você baixe uma atualização de segurança urgente, pare, pense e pesquise um pouco no Google. Outros usuários baixaram esta atualização? Eles ficaram felizes com o resultado? Se isso não é o caso, não baixe.

    • Qualidade e aparência ruim

      O aplicativo que você baixou parece e se comporta como um aplicativo profissional? Erros de ortografia, logotipos mal reproduzidos e interfaces mal projetadas são sinais de que se trata de um aplicativo falso que fornece vírus, malware ou outras ameaças.

    Se você acha que seu iPhone ou dispositivo Android foi comprometido, provavelmente precisará fazer um escaneamento de vírus.

    Existe uma maneira relativamente simples de identificar aplicativos maliciosos e remover vírus de um telefone Android. Primeiro, execute uma verificação de vírus, com o Avast Mobile Security para Android, para resolver ameaças imediatas e desinstale manualmente os aplicativos maliciosos.

    É essencialmente impossível para um vírus invadir o sistema operacional iOS do iPhone. A única maneira de um cibercriminoso infectar um iPhone é através de um software baixado fora da iOS App Store oficial, em um dispositivo modificado para evitar as restrições normais da Apple. Essa modificação é conhecida como "jailbreak".

    A rota mais comum pela qual um vírus infecta um iPhone é que os cibercriminosos invadam um conjunto de ferramentas conhecido como SDK (kit de desenvolvimento de software). Um SDK permite que o proprietário de um iPhone com jailbreak crie e instale aplicativos não oficiais no dispositivo, mas torna os iPhones vulneráveis a vírus.  

    Encontrar e remover aplicativos e vírus maliciosos de um iPhone é relativamente simples. Primeiro, remova todos os aplicativos ou SDKs suspeitos, depois limpe o histórico e os dados do seu telefone e reinicie. (Se isso não funcionar, tente restaurar o telefone a partir de um backup anterior ou, como último recurso, restaurar o telefone como um novo dispositivo.)

    É possível pegar um vírus de uma mensagem de texto?

    As mensagens de texto são apenas um dos meios que os criminosos usam para convencer as pessoas a baixar malware.

    Abrir e ler uma mensagem de texto provavelmente não infectará seu telefone, mas você poderá receber um vírus ou malware se fizer o download de um anexo infectado, ou se clicar em um link de um site comprometido.

    Em caso de dúvida, evite baixar anexos desconhecidos ou clicar em links estranhos e exclua as mensagens que os contêm.

    É possível pegar um vírus ao abrir um e-mail no seu telefone?

    É improvável que apenas um e-mail suspeito infecte seu telefone, mas é possível pegar um vírus abrindo um e-mail no telefone se você aceitar ou iniciar um download.

    Como nas mensagens de texto, o dano é causado quando você baixa um anexo infectado de um e-mail ou clica em um link para um site malicioso.

    Os telefones podem pegar vírus de um site?

    Sim, os telefones podem pegar vírus de sites, que são outra fonte potencial de malware.

    Clicar em links duvidosos em páginas da web ou mesmo em anúncios maliciosos (também conhecidos como “malvertisements”) pode baixar malware no telefone celular. 

    Da mesma forma, o download de software desses sites também pode levar à instalação de malware no seu telefone Android ou iPhone.

    Downloads automáticos

    Às vezes, você nem precisa clicar em um link ou botão de download em um site mal-intencionado para que seu Android ou iPhone seja comprometido. Um site que contém um "download automático" pode aproveitar as vulnerabilidades no sistema operacional, navegador ou no aplicativo do seu telefone celular para instalar código malicioso. 

    Uma vez no telefone, o único trabalho do download automático é entrar em contato com outro computador e baixar o restante do código necessário para iniciar um ataque cibernético.

    A boa notícia é que basta tomar algumas precauções simples para se proteger contra downloads automáticos:

    • Evite clicar em links estranhos ou visitar sites suspeitos

      A maneira mais óbvia de evitar downloads automáticos é ficar longe de sites que hospedam malware. Às vezes, é mais fácil falar do que fazer, mas é bom desconfiar dos links em e-mails ou mensagens de texto não solicitados ou em postagens nas mídias sociais de fontes desconhecidas.

    • Mantenha software de seu telefone atualizado

      Os downloads automáticos só funcionam se houver uma falha de segurança no sistema operacional ou no navegador do seu celular ou em um aplicativo que você usa. Uma vez identificadas, essas vulnerabilidades geralmente são corrigidas nas atualizações, por isso, mantenha o software do seu telefone atualizado para evitar downloads automáticos. 

    • Instale um aplicativo antivírus no seu telefone

      Um bom aplicativo antivírus gratuito, como o Avast Mobile Security para Android ou o Avast Mobile Security para iOS, pode ajudar a impedir downloads automáticos e, se o pior acontecer, pode ajudar a encontrar e remover malware do seu telefone.

    O que os vírus fazem com seu telefone?

    Saber o que um vírus pode fazer com seu telefone pode ajudar a prevenir e detectar problemas com malware.

    Diferentes tipos de malware afetam iPhones e telefones Android de maneiras diferentes, mas vírus e outras ameaças são mais comumente usados para roubar dados confidenciais.

    Os cibercriminosos, por exemplo, podem usar malware para coletar informações pessoais quando você usa seu celular para escrever mensagens de texto ou e-mails, ou quando você preenche formulários online. O malware pode até gravar suas chamadas de voz e enviá-las para cibercriminosos, na esperança de revelar informações que eles possam explorar para obter ganhos financeiros. 

    Outro golpe comum é usar malware para enviar mensagens de texto do telefone de uma vítima para números de telefone com tarifa premium, geralmente sem seu conhecimento. A vítima paga a conta e os golpistas embolsam o dinheiro.

    Vírus e outros malwares também podem ter um impacto negativo no desempenho do seu telefone, diminuindo a velocidade do seu dispositivo e tornando o uso diário insuportável.

    Os tipos de ataque podem variar entre os sistemas operacionais. Leia os conselhos específicos para Android e iPhone.

    Vírus nos telefones Android

    Os telefones Android correm maior risco de serem infectados por malware, principalmente porque a Google permite aos usuários do Android mais liberdade do que a Apple oferece aos usuários do iOS. 

    Como mencionamos, a Google permite que os usuários do Android baixem aplicativos fora da loja oficial de aplicativos, o que pode abrir a porta para malware.

    Além disso, como muitos fabricantes de celulares personalizam o sistema operacional Android para atender a seus próprios requisitos, é mais difícil para a Google garantir que todos os usuários têm a versão mais segura do sistema operacional Android. Atualizações de segurança importantes do Android podem levar meses para serem lançadas para os clientes, deixando os telefones expostos.

    android_final

    Como saber se seu telefone Android tem um vírus

    Os sinais de que seu telefone Android pode estar infectado por malware ou vírus ou outro tipo de ameaça incluem:

    • Aplicativos desconhecidos aparecem de repente no seu telefone

    • Aplicativos que travam mais que o normal

    • Grande aumento na quantidade de dados móveis usada pelo telefone

    • A bateria do telefone dura menos do que o normal

    • O telefone superaquece

    Como se livrar dos vírus no telefone Android

    Se você acha que seu telefone Android foi infectado por um vírus ou outro malware, um aplicativo de segurança móvel é seu principal aliado.

    Passe um antivírus e siga as instruções sobre como detectar e remover um vírus no Android.

    Obtenha a melhor proteção antivírus para o seu telefone Android

    Agora usamos nossos telefones Android em praticamente todos os aspectos de nossas vidas, o que os torna um alvo cada vez mais atraente para hackers, criadores de vírus e criminosos cibernéticos.

    Com tantas informações valiosas em risco, é bom ter uma camada adicional de segurança e instalar proteção contra vírus no seu telefone. Nem sempre é possível reconhecer e reagir a todas as ameaças que o telefone enfrenta e a proteção padrão oferecida pelo sistema operacional Android geralmente demora para ser atualizada.

    Um aplicativo de segurança móvel confiável, como o Avast Mobile Security para Android gratuito, é uma ferramenta essencial para manter seu telefone protegido contra vírus e outros softwares maliciosos.

    Vírus em iPhones

    Vírus e malware são raros nos iPhones, mas a ideia de que o sistema operacional iOS da Apple é totalmente imune a ataques maliciosos é equivocada. Existem malwares direcionados a iPhones e são necessárias precauções e bom senso para se proteger de outras ameaças.

    Ataques de phishing, por exemplo, são mais comuns que vírus. Uma técnica usa anúncios pop-up falsos, na tentativa de convencer os usuários do iPhone de que o telefone está infectado e eles precisam baixar software adicional (malicioso) para corrigir o problema.

    iPhone Viruses

    Como saber se seu iPhone tem um vírus (ou ameaça)

    Os sinais de que seu iPhone pode estar infectado por malware ou vírus ou outro tipo de ameaça incluem:

    • Anúncios pop-up frequentes, geralmente disfarçados de avisos do sistema 

    • Aplicativos que travam mais que o normal

    • Grande aumento na quantidade de dados móveis usada pelo telefone

    Como se livrar dos vírus no iPhone

    Se você suspeitar que seu iPhone foi comprometido por uma ameaça à segurança externa, o melhor conselho é simplesmente desinstalar o software que você acha culpado.

    Como já mencionamos, a remoção de malware e vírus de um iPhone é relativamente simples, porque é praticamente impossível um vírus infectar o sistema operacional iOS do iPhone.

    Normalmente, você só precisa excluir aplicativos ou downloads indesejados, limpar o histórico e os dados do telefone e reiniciar. Um bom aplicativo antivírus para iPhone, como o Avast Mobile Security para iOS, ajudará nesse processo.

    Proteção completa de seu iPhone

    Para manter seu iPhone seguro online, recomendamos o Avast Mobile Security para iOS, um conjunto gratuito de ferramentas que oferece aos usuários do iPhone a segurança que precisam.

    Embora tecnicamente não seja um "antivírus", o Avast Mobile Security para iOS mantém seu iPhone protegido de todas as ameaças que você pode encontrar.

    Os recursos incluem a possibilidade de verificar a segurança da rede wi-fi que você está usando e manter suas senhas e fotos protegidas de invasores.

    Proteja seu iPhone contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS

    Proteja seu Android contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS