academy
Segurança
Privacidade
Desempenho
Selecione o idioma
Avast Academy Segurança Senhas Como proteger um arquivo ou pasta com senha no Windows

Como proteger um arquivo ou pasta com senha no Windows

Descubra como é fácil proteger seus arquivos e pastas com proteção de senha e criptografia.

Como_proteger_um_arquivo_ou_pasta_com_senha_no_Windows-Hero

Em um mundo perfeito, assim que você configura uma senha do Windows, tudo fica protegido, certo? Infelizmente, não é o caso. Uma senha de acesso ao Windows oferece um nível de segurança muito básico que só protege seus arquivos contra outras pessoas que compartilham o seu computador. Mas há muitos riscos. Pessoas que conhecem bem invasão de sistemas podem contornar facilmente essas medidas simples de segurança. A maioria das versões do Windows não inclui uma forma de proteção de arquivos e pastas com senha, por isso é preciso criptografá-los ou usar um programa de proteção por senha de terceiros para manter as pastas no Windows 7, 8 e 10 em segurança contra crimes virtuais. Se seu laptop for roubado, por exemplo, o ladrão pode reiniciar seu computador com um dispositivo removível para acessar seus arquivos. Ou, eles podem remover o disco rígido, instalar em outro computador e obter acesso imediato a todos os seus arquivos e dados pessoais.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Neste artigo, vamos mostrar como defender seus dados contra espiões e empregar alguns recursos relativamente simples do Windows, além de algumas medidas diferentes para garantir uma proteção avançada.

    De volta ao básico: A diferença entre proteção por senha e criptografia

    A proteção por senha é muito similar a trancar algo em um cofre - por exemplo, um documento super sigiloso. Para acessar aquele documento, você precisa saber a combinação correta do cofre.

    Conhecimento é, literalmente, a chave. Por isso a proteção com senha é, algumas vezes, mais formalmente conhecida como uma forma de autenticação baseada no conhecimento. Você precisa saber a senha para entrar. Caso você tenha um token físico, como uma chave ou um drive USB especial para acessar um documento secreto, essa é uma forma de autenticação baseada na propriedade. Se o token (ou “chave”) fosse uma impressão digital ou um rosto, você estaria usando uma autenticação baseada na característica, porque o token é literalmente algo inerente somente a você.

    Criptografia é como se pegássemos nosso documento secreto e misturássemos todas as suas letras para torná-lo ilegível a qualquer um que não tenha autorização para lê-lo.

    Quando um documento não é criptografado, ele é armazenado no que poderia ser chamado de texto sem formatação. Qualquer um pode lê-lo. Quando está criptografado, está em texto criptográfico. Para ver o documento em sua forma original, o usuário deve providenciar a chave que decodifica a mensagem. No caso de arquivos e pastas criptografadas no Windows, a “chave” deve ser registrada na conta de usuário correta. Até no mesmo computador, o documento secreto também pode ser ilegível para um usuário do Windows diferente.

    Criptografia de senha é uma terceira opção que combina proteção por senha e criptografia. A principal vantagem de usar ambas é ter duas camadas de segurança. Agora nosso documento secreto está em um cofre impenetrável.

    Se alguém tiver a senha certa para abrir o arquivo ou a pasta, essa pessoa não poderá decifrar seu conteúdo se não estiver usando as credenciais de um usuário autorizado.

    Por que proteger arquivos com senha?

    Se você compartilha seu computador com outras pessoas, há sempre a chance de um erro humano acontecer, como a exclusão acidental de um documento importante, uma modificação por engano de um arquivo crítico, o compartilhamento equivocado de uma pasta privada, etc.

    Algumas vezes, você é o seu pior inimigo. O compartilhamento de informação sigilosa por e-mail com destinatários errados é uma forma infeliz, porém muito comum, de violação de dados. Em janeiro, a Câmara Municipal da cidade de Leicester, no Reino Unido, enviou uma planilha por engano para 27 empresas. Infelizmente, aquela planilha continha informações pessoais de muitas pessoas. Se isso aconteceu com eles, também pode acontecer com você.

    Uma forma de mitigar esses riscos é adicionando uma senha aos seus documentos mais sigilosos, um por um. Você pode compartilhar seu computador sem nenhuma preocupação depois de fazer isso. O envio de anexos via e-mail também ficará menos estressante. Sim, a exigência de inserir uma senha sempre que você acessa esse arquivo pode atrapalhá-lo um pouco, mas a paz de espírito realmente vale a pena. Lembre-se de usar apenas senhas fortes. Clique no Avast Random Password Generator gratuito sempre que precisar de uma e obtenha instantaneamente uma senha única, quase inviolável, que você pode usar imediatamente.

    Outra maneira de lidar com isso é usar seu software do Windows para criptografar uma pasta inteira. Esse é um processo fácil de implantar e de usar. Há também ferramentas de terceiros que você pode usar para criptografia completa. Neste artigo, vamos colocar todas as ferramentas à sua frente para proteger seu sistema com as defesas mais fortes.

    Criptografia integrada na pasta

    Vamos começar pela maneira mais simples de criptografar suas pastas (e todos os arquivos nelas): a criptografia da pasta do Windows. Para criptografar um arquivo ou pasta no Windows 7, 8, ou 10, siga este procedimento:

    1. Navegue pela pasta/arquivo que você quer criptografar.

    2. Clique com o botão direito no item. Clique em Propriedades, depois no botão Avançadofolder-encryption-1

    3. Marque Criptografar conteúdo para proteger os dados.folder-encryption-2

    4. Clique em OK, depois em Aplicar.

    5. O Windows então pergunta se você quer criptografar apenas o arquivo ou sua pasta principal e todos os arquivos dentro dela. Recomendamos optar pela criptografia de toda a pasta, para ficar seguro.

    6. Agora, uma vez que você navega para a pasta criptografada, você verá um pequeno cadeado amarelo no ícone do arquivo. Além disso, quando você adiciona um novo conteúdo a essa pasta, ele também é criptografado.

                                  folder-encryption-3

    Para ser claro, a criptografia de arquivo do Windows protege seus arquivos contra todos que colocarem as mãos em seu computador. A criptografia está ligada à sua conta do Windows, por isso, ao conectar, os arquivos são descriptografados instantaneamente pelo sistema operacional. No entanto, se alguém conseguir entrar com outra conta, não poderá acessar os arquivos criptografados com seu nome de usuário.

    Seus arquivos podem ser acessados pela sua conta e, se alguém obtiver acesso não autorizado ao seu computador enquanto você estiver conectado, a criptografia é praticamente inútil. Por isso é fundamental criar uma senha de acesso forte antes de mais nada.

    Usuários avançados também podem usar este método da LaptopMag.com para proteger pastas com senhas no Windows usando um pequeno trecho de código.

    No entanto, a criptografia normal do Windows não será suficiente, pois é fácil de contornar. Basta alguém entrar com sua conta para acessar seu conteúdo. Continue lendo para descobrir como manter seus arquivos seguros se sua conta for invadida.

    Software simples de proteção por senha

    Ao contrário da tecnologia de criptografia de arquivos do Windows, a proteção por senha de terceiros acessa o conteúdo independentemente de qual está conectado. Essas ferramentas oferecem mais segurança que os recursos de segurança integrados no Windows e são altamente recomendadas para dados sigilosos.

    Proteger pastas com senha no Windows 10

    Um recurso de proteção de conteúdo para Windows que vale a pena analisar é chamado de Folder Lock. Ele é rápido, fácil de usar e pode proteger com senha e criptografar arquivos e pastas muito rapidamente. O software usa chaves de Advanced Encryption Standard (AES) 256-bit para proteger seus dados.folder-lock-1Como padrão, o Folder Lock usa uma senha mestra para controlar o conteúdo bloqueado. No entanto, você pode também criar um “Locker”: uma pasta protegida na unidade para separar o tópico do conteúdo. Cada Locker pode ter sua própria senha e você pode limitar a quantidade de espaço em disco que ele ocupa.

    O Folder Lock vem também com um poderoso destruidor de arquivos e uma solução de backup em nuvem. Você pode experimentar uma demonstração gratuitamente. A versão completa custa $ 39,95.

    Proteger pastas com senha no Windows 7 e 8

    Outro utilitário leve é o LocK-A-FoLder. Ao contrário do Folder Lock, o LocK-A-FoLder funciona apenas no Windows XP, Vista e 7. A interface é extremamente simples de usar. Após a instalação, a ferramenta pedirá para criar uma senha mestra para gerenciar todo seu conteúdo bloqueado. Todas as pastas protegidas não ficarão visíveis no drive até que você as desbloqueie. O LocK-A-FoLder é gratuitoe o cadeado de pastas que menos consome recursos no mercado, fazendo com que seja a solução ideal para computadores mais rodados.lock-a-folder-password-protection-1

    Finalmente, as senhas são quase sempre o elo mais fraco na cadeia de segurança. Um verificador de força de senha pode ser muito útil. Ferramentas online como o The Password Meter e my1login são excelentes para usar aqui.

    Embora uma proteção com senha forte seja suficiente para a maioria dos usuários, se você possuir dados sigilosos, métodos mais avançados, como ferramentas de criptografia de terceiros, podem ser usados para proteger os dados.

    Software de criptografia completa para proteger arquivos e pastas

    Além da proteção de senha comum, você também pode usar software de criptografia de disco que oferece medidas de segurança mais robustas. Essas ferramentas podem bloquear até os ataques mais avançados de cold-boot e força bruta, que tentam quebrar senhas e chaves de criptografia com diferentes combinações.

    7-Zip

    Esse software de código aberto gratuito pode ser usado em qualquer computador e virtualmente todo sistema Windows. Ele é essencialmente um compactador que usa alta compressão e forte criptografia AES-256. Seus arquivos são protegidos ao serem comprimidos e criptografados, então quando você puder acessá-los, basta descomprimir primeiro o arquivo. Sim, novamente é um passo a mais, mas um preço baixo para se pagar pela segurança. Para proteger seus dados com o 7-Zip, siga esses passos:

    1. Baixe a versão mais recente do 7-Zip. Execute o programa de instalação.

    2. No seu diretório do Windows, selecione 7-Zip File Manager.7-zip-file-encryption-1

    3. No painel de controle do 7-Zip, selecione o arquivo ou pasta que você gostaria de proteger e clique no botão Adicionar.7-zip-file-encryption-2

    4. Escolha suas opções de compressão (consulte a imagem abaixo). A - Digite o nome que você gostaria de dar ao arquivo criptografado. B - Na seção de criptografia, defina uma senha forte para criptografar/descriptografar. C- Recomendamos configurar seu nível de compressão para ALTA e seu método de compressão como AES-256. D - Clique em OK.7-zip-aes-256-encryption-3

    Seu arquivo/pasta agora está comprimido, criptografado e protegido. A descompressão desse arquivo/pasta também é simples:

    1. No painel de controle do 7-Zip, selecione o arquivo ou pasta que deseja abrir.

    2. Clique no botão Extrair.how-to-extract-7-zip-encrypted-files-4

    3. Na caixa de diálogo, insira a senha. Depois, clique em OK.

    4. Seu arquivo/pasta será descomprimido e aberto para você.

    VeraCrypt

    Com suporte para AES, Serpent e TwoFish, o VeraCrypt é uma ferramenta de segurança de dados gratuita que pode criptografar seus arquivos do jeito que você quiser. O VeraCrypt vem com criptografia completa de disco, mas também pode criptografar ao nível de volume. Os usuários podem decidir se querem pastas específicas criptografadas ou sistemas inteiros. À primeira vista, o VeraCrypt pode parecer intimidador, pois a interface não é muito fácil de usar, mas é, na verdade, bem simples depois que você se acostuma a usá-lo. O software funciona de maneira parecida com as ferramentas Daemon, que podem criar uma unidade de CD virtual em seu computador.

    Baixe o arquivo de instalação para Windows e instale o software. Depois siga essas instruções:

    1. Para começar, você precisará criar um volume: essencialmente, uma pasta criptografada para onde seus dados serão enviados. Clique em Create Volume (criar volume).how-to-encrypt-folder-veracrypt-1

    1. Selecione Create an encrypted file container (criar um compartimento de arquivos criptografados) e clique em Avançar.how-to-encrypt-folder-veracrypt-2

    O VeraCrypt dá a opção de criar um compartimento normal e visível ou um invisível. Em nosso exemplo, escolhemos um Standard VeraCrypt volume (volume padrão), mas fique à vontade para selecionar o que for melhor para você.              how-to-encrypt-folder-veracrypt-3

    1. Clique em Select File (selecionar arquivo) e navegue para onde quer armazenar seu compartimento criptografado. Clique em Salvar.how-to-encrypt-folder-veracrypt-4

    2. A seção a seguir pergunta, essencialmente, qual método de criptografia você quer usar. Sugerimos novamente o AES-256, a criptografia mais forte usada atualmente. Depois, clique em Next (avançar).how-to-encrypt-folder-veracrypt-5

    3. Atribua quanto espaço em disco você quer ter na pasta criptografada.how-to-encrypt-folder-veracrypt-6

    1. Finalmente, insira a senha que deseja usar em seu volume e clique em Next (avançar). Use uma senha forte!how-to-encrypt-folder-veracrypt-7

    O VeraCrypt está agora pronto para criar seu compartimento. Notavelmente, a ferramenta pode usar movimentos do mouse para criar sua chave de criptografia e criptografar a pasta. Fique à vontade para mover seu mouse bastante, pois isso torna a chave de criptografia mais forte. Faça isso até a barra na parte de baixo chegar ao fim. Depois, clique em Format (formatar).                 how-to-encrypt-folder-veracrypt-8

    Seu primeiro volume criptografado deve estar agora na pasta designada.

    Para adicionar conteúdo ao compartimento, siga este procedimento:

    1. Para montar o volume, escolha o número de qualquer unidade disponível na tela inicial do VeraCrypt.


    1. Clique em qualquer uma das cartas em seu nome de volume em destaque, clique em Select File (selecionar arquivo) e navegue para a pasta em que você salvou o compartimento criptografado.how-to-encrypt-folder-veracrypt-9

    2. Clique em Open (abrir) para selecionar o volume.how-to-encrypt-folder-veracrypt-10

    3. Em seguida, clique em Mount (montar) para montar o volume na unidade selecionada. Insira sua senha e clique em OK. Seu compartimento está pronto.how-to-encrypt-folder-veracrypt-11

    Clique duas vezes na unidade montada para abrir outra janela do contêiner. Você deve também ver o compartimento em This PC (este PC) junto com outras unidades.                            how-to-encrypt-folder-veracrypt-12Agora, copie o conteúdo em sua nova “unidade” criptografada, clique em “desmontar” para fechar a pasta e criptografe novamente.

    Gerenciamento de arquivos e senhas

    Agora você sabe o que precisa fazer para proteger seus arquivos e suas pastas com senha e criptografá-los no Windows. No entanto, como estabelecemos, tudo isso se resume a manter suas senhas seguras e seguir bons hábitos de segurança.

    Backup, backup, backup

    Considere o que poderia acontecer se você perder sua senha mestra, ou se seu software de criptografia ficasse corrompido, ou se os arquivos se perdessem. Fazer back-ups regulares dos seus dados e usar um gerenciador de senha pode ajudar a garantir que você nunca seja pego de surpresa.

    Alguns dos utilitários mencionados acima, como Folder Lock, vêm com suas próprias soluções de backup de dados baseadas em nuvem. No entanto, você pode sempre usar o OneDrive da Microsoft ou o Google Drive gratuito.

    Crie senhas fortes

    Claro que o maior problema com senhas é se lembrar delas. Mas se você criar uma senha para usar em diferentes contas, estará pedindo para que seus dados sejam roubados. A alternativa comum - senha fácil de lembrar ou sem criatividade - é tão ruim quanto.  

    Senhas fracas e comuns são bem fáceis de quebrar com programas que usam diferentes combinações de chaves em uma velocidade incrível. Esses ataques de força bruta - ou ataques de dicionário - são extremamente avançados. Em 2012, cibercriminosos criaram um grupo de computadores para adivinhar senhas em uma proporção de 350 bilhões por segundo. Eles podiam quebrar qualquer senha de oito dígitos do Windows em menos de seis horas. Tenha em mente que isso aconteceu oito anos atrás. Dá para supor que mecanismos de roubo de senhas evoluíram desde então. As melhores práticas para segurança de senha também precisam evoluir.

    Então faça um favor a você mesmo e aprenda a criar senhas fortes e proteger seu(s) dispositivo(s) contra cibercriminosos.

    No que se refere a lembrar suas senhas, não crie uma lista de códigos em um documento, mesmo que ele seja criptografado.

    Proteja seu iPhone contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS

    Proteja seu Android contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS