73992840876
academy
Segurança
Segurança
Ver tudo Segurança artigos
Privacidade
Privacidade
Ver tudo Privacidade artigos
Desempenho
Desempenho
Ver tudo Desempenho artigos
Selecione o idioma
Selecione o idioma
Avast Academy Desempenho Limpeza 11 maneiras simples de impedir que seu MacBook superaqueça

11 maneiras simples de impedir que seu MacBook superaqueça

O som do seu MacBook parece o de um avião decolando assim que você inicializa? Parece que é possível fritar um ovo sobre ele? Vamos ver o que causa o superaquecimento dos MacBooks e os procedimentos fáceis para evitar que isso aconteça, incluindo o uso de uma ferramenta de limpeza do Mac para manter o desempenho ideal.

Academy-Why-your-Mac-is-overheating-and-how-to-fix-it-Hero

Uma ventoinha que não para de funcionar é um sinal claro de superaquecimento do MacBook, mas os possíveis problemas vão muito além do ruído irritante. As ventoinhas drenam a bateria do Mac rapidamente quando estão ativadas, e o superaquecimento prolongado pode causar danos a longo prazo aos principais componentes internos.

Manter a refrigeração da máquina é vital para preservar o estado da bateria e melhorar o desempenho geral.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Por que meu Mac esquenta tanto?

    Problemas de software e hardware podem causar superaquecimento dos MacBooks. Embora os computadores mais antigos tendam a esquentar com mais frequência, mesmo os modelos mais recentes de MacBook se aquecem quando tarefas que exigem muita memória sobrecarregam o processador ou quando há algum problema nas ventoinhas internas.

    Veja alguns dos motivos mais comuns para o superaquecimento do MacBook Pro e MacBook Air:

    • Muitos processos e aplicativos em execução simultânea. Vários programas que usam muita energia podem sobrecarregar o processamento do seu MacBook, causando o superaquecimento quando ele tenta dar conta de tudo.

    • Aplicativos que não respondem. Quando os aplicativos do Mac travam, falham ou param de funcionar corretamente, eles consomem energia e memória enquanto o Mac tenta resolver o erro.

    • Muitas abas de navegador abertas. Cada aba do navegador que você deixa aberta drena os recursos do seu MacBook, o que pode sobrecarregar o sistema.

    • Falha do SMC. O SMC (System Management Controller, controlador de gerenciamento do sistema) é um chip que controla os componentes de hardware, inclusive as ventoinhas internas que ajudam a manter o MacBook em uma temperatura segura e estável.

    • Ventoinhas internas com defeito. Os MacBook Pros e MacBook Airs possuem sistemas de resfriamento integrados para regular o calor. O superaquecimento persistente pode indicar um problema de hardware com as próprias ventoinhas.

    • Orifícios de ventilação entupidos. Os componentes internos não podem funcionar corretamente se os orifícios de ventilação estiverem cobertos ou obstruídos, impedindo a circulação de ar fresco.

    • Software desatualizado. Sistemas operacionais desatualizados e outros softwares podem conter bugs ou ineficiências que podem superaquecer o MacBook.

    • Vírus ou outros malwares. Se o MacBook tiver um vírus que executa secretamente processos intensivos em segundo plano, isso pode explicar o superaquecimento.

    Como impedir o superaquecimento do seu MacBook

    Seu MacBook pode estar muito quente devido a uma série ou combinação de problemas. Execute as seguintes etapas rápidas e fáceis para manter a eficiência de refrigeração do seu MacBook e desfrute de um desempenho suave, elegante e silencioso.

    Verifique a CPU

    A CPU (unidade de processamento central) é o motor que faz o seu Mac funcionar: quanto mais ela trabalha, mais calor ela gera. Quando a CPU fica sobrecarregada por muito tempo, é quase certo que o MacBook ficará quente. Por isso, verificar a CPU deve ser o primeiro passo ao resolver problemas de regulação de temperatura em um MacBook Pro ou MacBook Air.

    1. Abra o Finder e localize a ferramenta Monitor de atividade na pasta Utilitários da seção Aplicativos.

      Localizando a pasta Utilitários de Aplicativos no Mac Finder para verificar as causas de superaquecimento na CPU.
    2. Inicie o Monitor de atividade e clique na aba CPU para ver quais aplicativos estão consumindo mais recursos de processamento, o que indicado na coluna % CPU.

       Identificando e desligando processos que usam muita CPU e memória no Monitor de atividade para impedir que o Macbook fique superaquecido.
    3. Use o botão X para desligar processos intensivos e reduzir a carga na CPU.

    4. No Monitor de atividade, mude para a aba Memória para conferir o consumo de RAM, pois isso pode prejudicar o desempenho.

    Para ajudar a reduzir a carga de trabalho na CPU, considere desinstalar softwares indesejados do Mac para evitar que processos em segundo plano de alto impacto inundem o sistema.

    Feche abas de navegador desnecessárias

    Dezenas de abas abertas no navegador podem sobrecarregar o MacBook, especialmente se houver outro software em execução ao mesmo tempo que consuma muitos recursos. Feche todas as guias que não forem usadas para reduzir a carga de trabalho do Mac e ajudar a impedir o superaquecimento. Além de limpar o cache, o gerenciamento de abas pode ajudar a acelerar o navegador.

    Alguns dos melhores navegadores, como o Avast Secure Browser, vêm com uma ferramenta útil de Gerenciador de Tarefas que ajuda a identificar e fechar abas que drenam grandes quantidades de recursos de CPU e memória. Coloque as guias que você possa precisar acessar novamente nos favoritos. Não há necessidade de trocar conveniência por desempenho.

    Gerencie suas configurações gráficas

    Se o MacBook Pro estiver esquentando, pode ser necessário ajustar as configurações gráficas. Alguns modelos mais antigos de MacBook Pro de 15 polegadas e maiores são equipados com duas placas gráficas (GPUs), uma mais poderosa e mais exigente do que a outra. 

    A placa de vídeo mais poderosa (a GPU discreta) é ótima para jogos e renderização de vídeo, mas consome mais energia, esgota a bateria mais rápido e pode contribuir para o superaquecimento. A outra placa (a GPU integrada) consome menos energia, otimizando a vida útil da bateria.

    Para descobrir qual a sua placa gráfica, vá para o menu Apple no canto superior esquerdo e selecione Sobre este Mac.

    Usando Sobre este Mac para descobrir qual sua placa de processamento gráfico.

    Para obter mais informações sobre o seu processador gráfico, clique em Relatório do sistema… na parte inferior da janela Sobre este Mac e selecione Gráficos/Monitores no painel de navegação esquerdo.

    Vendo mais informações sobre a placa gráfica usando o Relatório do sistema em Sobre este Mac.

    Para ativar a troca automática de gráficos, abra as Preferências do sistema e acesse Bateria.

    Localizando as configurações da bateria nas Preferências do sistema do macOS para regular a temperatura com a ativação da troca automática de gráficos.

    Na janela Bateria, clique em Adaptador de energia ou Bateria à esquerda para ajustar as configurações de cada modo de energia. Se você tiver dois sistemas gráficos no seu Macbook, marque a caixa de seleção Troca automática de gráficos e o MacBook trocará de forma inteligente entre os modos gráficos para equilibrar o desempenho e o gerenciamento de recursos.

    Se a opção de troca automática de gráficos não estiver visível, você tem apenas um sistema gráfico no seu MacBook Pro.

    As configurações do adaptador de energia em um MacBook Pro

    Redefina o SMC

    Um problema com o SMC afetará as partes físicas do MacBook, como as ventoinhas necessárias para resfriar os componentes internos.

    Felizmente, redefinir o SMC é uma solução segura e simples que geralmente resolve erros de chip que causam o aquecimento do MacBook Air ou Pro. Para redefinir o SMC, siga estas três etapas:

    1. Desligue o MacBook.

    2. Pressione os botões Shift + Option + Control + Power e mantenha pressionados por 10 segundos.

    3. Ligue de volta o Mac normalmente.

    Mantenha o MacBook atualizado

    Atualizar o MacBook com o sistema operacional mais recente oferece muitos benefícios de desempenho e segurança e pode combater o superaquecimento. Cada nova versão do macOS corrige falhas e ineficiências de software, deixando o seu Mac mais rápido, com melhor desempenho e menos consumo de energia.

    Para verificar qual versão do macOS seu MacBook usa, abra as Preferências do Sistema e clique em Atualizações de Software. Se houver uma atualização disponível, clique em Atualizar agora e seu MacBook cuidará do resto.

    Como instalar a atualização mais recente do macOS nas Preferências do Sistema e impedir o superaquecimento do Macbook e fazer ele ser mais eficiente.

    Além de atualizar regularmente o software, a desfragmentação periódica do Macbook é outra maneira rápida e simples de deixar seu computador como novo.

    Usar apenas carregadores oficiais do Mac

    Se estiver usando um carregador sem marca, falsificado ou com defeito, não será nenhuma surpresa que seu MacBook fica quente ao carregar. A longo prazo, isso pode danificar o seu Mac, além de ser um risco à saúde e à segurança. Use carregadores oficiais de fornecedores autorizados da Apple.

    Testar as ventoinhas do seu MacBook

    O superaquecimento e o ruído da ventoinha dos MacBooks andam de mãos dadas: o ruído excessivo pode indicar que as ventoinhas do MacBook não estão funcionando de maneira eficaz. As ventoinhas de resfriamento são vitais para controlar as temperaturas, mas se as ventoinhas do seu MacBook Air ou MacBook Pro não param de girar, provavelmente há algo errado.

    Veja como usar a ferramenta Diagnósticos Apple para testar o desempenho do seu Mac quanto a erros de hardware das ventoinhas:

    1. Conecte o MacBook a uma fonte de alimentação e desconecte todos os outros periféricos.

    2. Reinicie o computador, pressione e mantenha a tecla D pressionada durante a reinicialização para iniciar um escaneamento de hardware. Os resultados serão mostrados na tela quando o escaneamento terminar.

    3. Um código de erro PFF nos resultados significa que algum tipo de falha está afetando a ventoinha e você precisará levar o MacBook a uma assistência autorizada da Apple para consertá-lo.

    Não bloquear os orifícios de ventilação

    Os laptops precisam de ventilação para evitar o superaquecimento, porque os componentes internos ficam muito próximos uns dos outros, e os MacBooks não são diferentes. Notebooks ultrafinos, como MacBook Air, são especialmente sensíveis, mas os orifícios de ventilação do MacBook Pro também devem ser deixados desobstruídos.

    Ventoinhas embutidas precisam que haja circulação de ar fresco, por isso, bloquear os orifícios de ventilação é praticamente uma garantia de superaquecimento do MacBook. Sempre que possível, evite colocar o Mac em uma superfície macia, como sobre a cama ou no colo, pois isso pode obstruir as aberturas na dobradiça traseira da tela. As superfícies duras e planas são ideais para manter o fluxo de ar.

    Minimizar o uso multitarefas

    Até um MacBook Pro novo tem uma quantidade finita de poder de computação. Se você for ao limite usando vários aplicativos de alta intensidade ao mesmo tempo e por longos períodos, o sistema não será capaz de lidar com o excesso de calor gerado pela CPU.

    Mesmo os aplicativos de baixo impacto podem ser problemáticos se muitos deles estiverem abertos ao mesmo tempo. Minimizar o número de processos ativos ajuda muito a regular a temperatura do MacBook. Também é melhor desligar os programas completamente se eles não estiverem em uso, em vez de deixá-los em execução em segundo plano.

    Limpar fisicamente o Mac

    Com o tempo, é inevitável que poeira e outros detritos se acumulem dentro do MacBook, obstruindo os componentes de hardware sensíveis. Às vezes, uma pequena limpeza anual basta para fazer o seu MacBook Pro ou MacBook Air funcionar sem problemas novamente.

    Para limpar seu computador com segurança e eficácia, remova o painel inferior (se possível) para acessar o interior. Use uma lata de ar comprimido para limpar os detritos alojados nos dutos de ventilação ou na própria ventoinha. Em seguida, limpe com cuidado outras sujeiras com um pano sem fiapos.

    Lembre-se de que a sujeira física não é sua única preocupação. O lixo digital também contribui para o superaquecimento. Por isso, é importante usar um software de limpeza de última geração para limpar seu MacBook e mantê-lo em perfeitas condições.

    Proteger o MacBook com software de segurança forte

    Além do risco que representam para a privacidade e a segurança do MacBook, os vírus de Mac e outros tipos de malware podem causar todos os tipos de problemas de desempenho, desde software corrompido e memória reduzida a lentidão de processamento e superaquecimento.

    Alguns cavalos de Troia e spywares executam processos de alto impacto sem que você saiba, o que pode explicar por que o Mac está esquentando sem motivo aparente. Se suspeitar que um malware invadiu seu Mac, tome medidas para remover todos os vírus e neutralizar o ransomware imediatamente. Em seguida, instale um software de segurança robusto para manter seu MacBook seguro e os dados protegidos.

    Manter o Mac funcionando perfeitamente com o Avast Cleanup

    A melhor maneira de gerenciar o superaquecimento e os problemas de desempenho relacionados é usar uma ferramenta de limpeza dedicada que otimiza o desempenho do MacBook e limpa tudo que você não precisa, garantindo que haja bastante energia disponível para seu estilo de vida digital.

    O Avast Cleanup for Mac é projetado especialmente para liberar todo o potencial do MacBook Pro ou MacBook Air. Seu kit de ferramentas intuitivas ajuda a aliviar a carga, eliminando arquivos e programas inúteis com o clique de um botão. Ele ainda equilibrará de forma inteligente o uso da CPU e da memória em segundo plano para oferecer um computador mais frio, mais seguro e com melhor desempenho.

    Otimize seu Android grátis com o

    Avast Cleanup

    BAIXAR GRÁTIS

    Proteja seu iPhone contra ameaças

    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS
    Limpeza
    Desempenho
    Oliver Buxton
    10-09-2021