academy
Segurança
Privacidade
Desempenho
Selecione o idioma
Avast Academy Segurança Vírus Como remover um vírus de um iPhone ou iPad

Como remover um vírus de um iPhone ou iPad

Seu iPhone está estranho? Se você suspeitar que há um vírus ou outro malware no seu iPhone ou iPad, continue lendo. Neste artigo, mostramos como restaurar o iPhone para o estado de funcionamento correto e como proteger seus dispositivos iOS contra malware e outros tipos de riscos da Internet.

Como remover um vírus de um iPhone - Hero

O que exatamente é um vírus do iPhone?

A boa notícia é que é extremamente improvável que você se depare com um vírus do iPhone, porque, até o momento da publicação deste artigo, não existem vírus para iPhone. Em teoria, um vírus do iPhone seria um software perigoso projetado para infectar dispositivos iOS, espalhando de um para outro, assim como um vírus da vida real passa de uma de pessoa para outra. Os vírus de computador usam os recursos de computadores em que se instalam para se replicarem e se propagarem para dispositivos adicionais.

Hamburguer menu icon

Este artigo contém:

    Embora os dois termos sejam considerados sinônimos, na verdade há uma grande diferença entre "malware" e "vírus". Malware é um termo genérico para muitos tipos de software maligno (em inglês, malicious software), dos quais os vírus são apenas um exemplo. Worms são outro tipo de malware projetado para infecções em massa, mas há uma distinção importante entre worms e vírus: os worms são autônomos, enquanto os vírus dependem do software hospedeiro para facilitar a replicação. Atualmente, os hackers usam uma variedade de malware em combinação com truques de engenharia social para atacar vítimas por meio dos seus computadores e dispositivos móveis.

    Se o seu iPhone começar a fazer coisas esquisitas, é mais provável que isso seja devido a um aplicativo do que à presença de malware. Antes de utilizar as estratégias de remoção de vírus descritas neste artigo, verifique seus aplicativos para garantir que tudo esteja funcionando como deveria. A exceção é se você fez o jailbreak do seu telefone. Um iPhone com jailbreak pode ser tão vulnerável a malware quanto os dispositivos Android.

    iPhones pegam vírus?

    Isso não é possível, porque os vírus do iOS ainda existem só na teoria. Comparado a Macs e PCs, ou mesmo dispositivos Android, o malware em geral nos iPhones é algo muito raro. Os hackers estão sempre se aperfeiçoando suas ferramentas e técnicas e, embora não haja muitos malwares conhecidos para iPhones no momento, as coisas podem mudar no futuro.

    Antes do surgimento dos smartphones, o malware era principalmente um problema no computador, mas por necessidade e não por escolha. Agora que o uso de smartphones se tornou comum, os hackers criam todos os tipos de malware para dispositivos móveis.

    Como mencionado acima, os telefones com jailbreak correm um risco muito maior de infecção por malware do que os dispositivos padrão. Ao desbloquear seu telefone, você ignora as restrições internas do fabricante que, de outra forma, impediriam a instalação de aplicativos e outros softwares não aprovados.

    Muitos usuários preferem a liberdade e a flexibilidade aprimoradas de um dispositivo desbloqueado, mas como o jailbreak subverte as medidas de segurança do telefone, ele fica vulnerável a roubo de dados e infecção por malware. Se você decidir fazer o jailbreak do seu dispositivo, verifique cuidadosamente todos os aplicativos antes de instalá-los. Caso contrário, você estará deixando a porta aberta para malware.

    Meu iPad pode pegar um vírus?

    Como os iPhones e os iPads executam o mesmo sistema operacional da Apple, ambos correm o risco das mesmas ameaças que, no momento, não incluem vírus. Tudo que pode afetar um iPhone também pode afetar um iPad e vice-versa.

    Se você encontrar um problema algum dia com o seu iPad, o lado positivo é que o processo de remoção de um vírus de um iPad será basicamente o mesmo de um iPhone. Ao aprender a limpar vírus do iPhone, você poderá aplicar o conhecimento no iPad.

    De onde vêm os vírus no iOS?

    Embora não exista um vírus para iPhone, isso não significa que você não precise se preocupar com problemas. De tempos em tempos, as ameaças podem surgir, principalmente se você estiver executando um dispositivo com jailbreak. Como o jailbreak de um iPhone remove muitas das proteções antimalware, você precisa ser extremamente cuidadoso com a origem de seus aplicativos.

    As conexões Wi-Fi com segurança fraca são outra vulnerabilidade possível. Se você estiver usando uma delas, por exemplo, uma rede Wi-Fi pública não segura, proteja seu dispositivo conectando-se com uma VPN. O Avast SecureLine VPN criptografa todo o tráfego que passa pelo seu dispositivo, impedindo que hackers vejam suas atividades online e dados pessoais, incluindo senhas e informações de cartão de crédito. É por isso que uma VPN é a maneira mais rápida e fácil de transformar uma conexão Wi-Fi pública insegura em uma protegida.

    Como posso saber se meu iPhone foi infectado?

    Como posso saber se meu iPhone tem um vírus? É simples: seu iPhone não está com vírus, porque não existem vírus para iPhone. Mas, caso você tenha feito o jailbreak do seu telefone, verifique se há um malware no iPhone.

    •  Os aplicativos começam a falhar inesperadamente: muitos malwares, tanto em computadores quanto em telefones, causam o mau funcionamento de outros programas. Se os aplicativos começarem a falhar repentinamente sem causa aparente, talvez seja hora de verificar se há malwares no seu iPhone.

    • Você descobre aplicativos estranhos no seu telefone: seu telefone não deve baixar nem instalar aplicativos sem o seu consentimento. Se você encontrar aplicativos desconhecidos no seu telefone que você não baixou e que não vieram de fábrica, isso pode ser um sinal de que algo está errado.

    • Pop-ups começam a aparecer no Safari: o navegador Safari da Apple não deve ficar abrindo pop-ups toda hora quando você estiver usando a Internet. Se isso mudar e você perceber que o número de pop-ups aumentou de repente, isso pode significar um problema no Safari do iPhone.

    • Cobranças inexplicáveis na sua conta: como regra geral, você sempre deve monitorar sua conta Apple para garantir que as cobranças são feitas corretamente. Alguns malwares podem usar sua conta ou informações financeiras para beneficiar os hackers. Sempre fique atento a despesas de faturamentos incomuns em sua conta.

    Muitos tipos de malware podem causar problemas de desempenho, mas nem todos os problemas de desempenho indicam a presença de malware. À medida que o dispositivo envelhece e você instala mais aplicativos e armazena mais dados, você pode notar redução da velocidade ou da duração da bateria.

    Antes de considerar aplicar medidas antimalware, tente limpar o seu iPhone e recuperar a velocidade. Na maioria dos casos, isso deve ser suficiente para que o telefone volte a funcionar perfeitamente.

    Seu iPhone ainda pode estar em perigo

    Quando terminar de ler este artigo, você será um especialista em como remover malware do iPhone. No entanto, o malware não é o único perigo para os usuários do iOS.

    Duas das ameaças mais duradouras da Internet são phishing e seu primo de larga escala, o pharming. O phishing atrai as vítimas com uma “isca”, como e-mails falsificados, que enganam as vítimas para que revelem suas informações pessoais confidenciais. O pharming leva isso a outro nível, redirecionando os usuários da web para sites simulados, onde eles inserem informações pessoais.

    À medida que a Internet evolui, os hackers atualizam suas técnicas e continuam a usar phishing e pharming como estratégias de ataque viáveis. Muitos phishers mudaram para uma abordagem com foco em celulares, visando usuários que usam mensagens de texto, em vez de e-mails tradicionais, e propagando anúncios falsos em redes social.

    Enquanto isso, os proprietários de sites falsos começaram a adotar a criptografia mais segura, a HTTPS, para seus sites fraudulentos, dificultando ainda mais a identificação dos sites falsos. O phishing com HTTPS agora se tornou tão predominante que o FBI emitiu um aviso em junho de 2019 descrevendo a nova ameaça.

    A segurança da webcam é outra área potencial de risco. Como quase todos os laptops e dispositivos móveis estão equipados com uma câmera voltada para o usuário, eles são um alvo perfeito para ataques. No início de 2019, os hackers exploraram uma falha de segurança no aplicativo de plataforma de videoconferência Zoom para macOS, para espionar os usuários por meio de suas webcams. Foi revelado que o serviço FaceTime da própria Apple contém um bug que pode permitir que um usuário acesse secretamente o microfone e a câmera de outros, podendo assim escutá-los e observá-los sem primeiro obter o consentimento. O bug já foi corrigido.

    Proteja-se contra ataques e explorações como estas com o Avast Mobile Security para iOS. Evite golpes de phishing, use as redes Wi-Fi públicas sem se preocupar com segurança, usando a tecnologia avançada de detecção de ameaças, proteja suas fotos importantes dentro do Cofre de Fotos e bloqueie suas senhas com a Proteção de Identidade.

    Como remover um vírus de um iPhone ou iPad

    Se, mesmo depois de tomar todas as precauções, você precisar remover o malware do iPhone, basta seguir as etapas descritas abaixo. As técnicas que descrevemos são métodos recomendados para resolver problemas no iPhone, mas não são soluções garantidas. Em vez disso, proteja seu iPhone ou iPad de ameaças com fortes medidas de segurança na Internet que oferecem proteção contínua.

    1. Reinicie o dispositivo

    Reiniciar o dispositivo é uma constante em TI por um motivo: geralmente, isso corrige o problema. Depois de fazer isso, tente usar alguns dos seus aplicativos favoritos para verificar se o problema foi corrigido ou não.

    2. Limpe seu histórico e dados de navegação

    Se o seu dispositivo continuar com o comportamento esquisito após a reinicialização, a próxima etapa é limpar o histórico e os dados do seu navegador. Como o Safari é o navegador padrão no iOS, ilustraremos esse processo usando o Safari como exemplo.

    Primeiro, navegue até o menu Configurações e selecione Safari.

    The Settings menu in iOS 12.4

    No menu Safari, selecione Limpar histórico e dados de sites.

    The Safari Settings menu in iOS 12.4

    Toque em Limpar histórico e dados. Simples assim!

    The "Clear History and Data" prompt in the Safari menu in iOS 12.4

    3. Restaure seu dispositivo usando um backup anterior no iCloud

    Caso o procedimento acima seja ineficaz, é hora de se aprofundar um pouco mais. Se você estiver usando a função de backup do iCloud, poderá restaurar seu dispositivo para um estado de backup anterior. Qualquer software com defeito deverá ser eliminado se você executar essas etapas.

    Navegue até o menu Configurações e selecione Geral.

    The Settings menu in iOS 12.4Role para o final do menu Geral e selecione Redefinir.

    The General Settings menu in iOS 12.4

    Selecione Apagar todo o conteúdo e configurações.

    The Reset menu within the General Settings of iOS 12.4

    Se você deseja executar um backup de última hora no iCloud antes de continuar, selecione Fazer backup e excluir. Caso contrário, selecione Excluir agora. Siga a série subsequente de prompts e confirmações, digite sua senha, conforme necessário, para concluir o procedimento.

    Erasing All Content and Settings in iOS 12.4Quando o iPhone exibir a tela Aplicativos e Dados, selecione Restaurar do Backup no iCloud. Você será solicitado a fazer login no iCloud e, depois disso, poderá selecionar qual backup do iCloud gostaria de usar.

    4. Faça uma redefinição de fábrica

    Antes de prosseguirmos, entenda que este passo final é um ponto sem retorno. Ao realizar uma redefinição de fábrica, você restaura o dispositivo para um estado semelhante ao novo. Uma redefinição de fábrica limpa todo o seu conteúdo, todos os seus aplicativos e todas as suas configurações e instala a versão mais recente do iOS no seu iPhone. Este procedimento é irreversível.

    Tenha certeza que o seu iPhone está incuravelmente afetado por malware e que as técnicas anteriores não puderam ajudar. O procedimento é semelhante ao procedimento anterior, exceto que você não escolherá Restaurar a partir do Backup no iCloud. Em vez disso, você precisará continuar como se tivesse um telefone novo.

    Dê ao seu dispositivo iOS uma camada extra de proteção

    A defesa mais confiável contra ameaças não são para corrigir uma infecção, mas como se proteger contra uma. Uso de um programa dedicado como o Avast Mobile Security para iOS, é um passo proativo para manter os cibercriminosos e suas ferramentas longe do seu iPhone ou iPad.

    Embora você não possa pegar um vírus no iPhone, ainda pode ser vítima de ataques de phishing e outras ameaças. O Avast Mobile Security para iOS verifica vulnerabilidades no dispositivo, detecta links de phishing em tempo real e também alerta se você está expondo seus dados ao usar uma rede Wi-Fi não segura. Se um cibercriminoso conseguir obter e vazar alguma de suas senhas, também vamos alertar sobre isso, permitindo que você altere suas senhas e bloqueie o acesso indesejado a suas contas.

    Proteja seu iPhone contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS

    Proteja seu Android contra ameaças
    com o Avast Mobile Security

    BAIXAR GRÁTIS